Por que tanta gente desiste de aprender inglês?

Por que tanta gente desiste de aprender inglês?

Antes de inglês ser uma “dificuldade” há outros pontos a serem considerados relacionados a sua vida e como você se posiciona nela.

Você já deve ter conhecido várias pessoas que começaram a estudar inglês e pararam, além de outros projetos que não deram continuidade.

Para muitas pessoas, aprender inglês é só se inscrever em um curso e pronto! Sou aluno e vou aprender a falar inglês. Porém, as coisas não são tão simples assim. Afinal de contas, quantas pessoas não falam inglês no Brasil? Eu te respondo: 99% dos brasileiros não falam inglês fluentemente. Isso não é invenção minha. Este dado faz parte de uma pesquisa do Conselho Britânico no Brasil. Você pode ler toda a pesquisa clicando aqui.

 

Seria então o método que não dá certo? Sim e não.

Depende do método com o qual você estuda. Vocês já viram milhares de professores que vendem seus cursos com “métodos” que eu, você e outros professores nunca ouviram falar. Esses métodos funcionam? Não sei dizer, mas tenho para mim que não, pois não é nada além do mesmo. É sempre muito arroz para pouca festa. Em outras palavras, muito marketing para pouco conteúdo.

 

Agora vamos para questão principal de muitos não falarem o idioma.

Quando eu falo em meu site e em minhas mídias sociais dos alunos que aprenderam inglês comigo eu também não me esqueço de muitas outras pessoas que não aprenderam também. Sim, há vários casos e muitos tinham motivos muito parecidos.

 

“Eu não tenho tempo para estudar, pois trabalho muito”

“Estou sem dinheiro”

 

Antes de te explicar o motivo pelo qual eu citei essas frases eu gostaria de falar que sempre gostei de psicologia e linguística. Psicologia é a maneira como as pessoas pensam, agem, sentem e se posicionam no mundo. Já linguística é como as pessoas se expressam através das palavras e o motivo por usarem palavras X e não Y.

 

Voltando aos discursos citados acima, me admirava muito ver que o comportamento desses alunos desistentes não condizia com a situação que eles mesmos se colocavam. Quando diziam que não tinha tempo, eles faziam nada antes e depois do curso. Quando falavam que não tinham dinheiro, estavam esbanjando o que diziam que não tinham.

 De um ponto de vista psicológico, há uma grande incoerência entre fala e comportamento. Já num ponto de vista linguístico, falar que não temos tempo ou dinheiro é o mesmo que dizer que estudar não é nossa prioridade. Afinal de contas, tempo se cria. Se você disponibiliza 15 minutos do seu dia para estudar, então o inglês é sua prioridade naquele tempo. Se o inglês vai te trazer benefícios futuros, então pagar um curso é um investimento e não um gasto. Todavia, é sempre mais simples culpar alguém ou algo pela dificuldade que temos, do que assumir responsabilidade por aquilo que não fazemos. Mas aí de quem falasse para esses alunos que estavam fazendo corpo mole ou dando desculpas esfarrapadas. Nenhum deles se via assim.

Já dizia Lacan: Penso onde não sou; portanto sou onde não me penso.

Isso quer dizer que pensamos ser algo que não somos exatamente. Somos então aquilo que não pensamos ser.

A meu ver, não saber falar inglês é uma falta de assertividade na vida antes de qualquer outra coisa. Ser assertivo significa ser confiante e seguro em suas atitudes e comportamento. Muitas pessoas não se posicionam na própria vida e não sabem expressar seus reais desejos de forma clara, objetiva, honesta e consequentemente, caem nas desculpas que atrasam a própria vida. Agora, se elas não têm responsabilidade pelas próprias escolhas, quem é responsável? Com certeza não sou eu.

Voltando ao comentário que fiz no primeiro parágrafo sobre como nos posicionamos na vida, é importa saber quem somos no mundo e o que queremos antes de dar início a qualquer projeto. Parece filosófico, mas é a mais pura verdade. Antes de estudar inglês, pergunte a si mesmo para quê você está estudando e não o porquê. Quando fazemos essa pergunta, sabemos do objetivo em estudar e o porquê estamos investindo tempo e dinheiro. Quanto mais clara for a sua resposta, mais fácil será o seu processo de aprendizado. Os obstáculos serão algo que você terá de lidar e não serão uma barreira para você desistir de seus objetivos.

 

Espero que você tenha gostado deste artigo. Deixe seu comentário, clique aqui e baixe seu ebook gratuito.

 

Cheers

 

Wagner